sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Trens de longa distância no Brasil


No Brasil há várias linhas de trens suburbanos que operam dentro das áreas metropolitanas, mas não ajudam na logística de longa distância. O mesmo vale para numerosos trens turísticos, de curta distância, que operam nos finais de semana. Vários desses têm locomotivas históricas a vapor, e todas cabem no item "Atrações" e não na "Logística". Entretanto, atualmente existem duas linhas autênticas de longa distância, operadas pela VALE S.A..

Desde velhos tempos funciona a linha Belo Horizonte - Vitória (664 km, bitola 1 m).


Transporta ca. 1 milhão de passageiros por ano. Não há camarotes com camas, apenas poltronas de 2 classes. Dia inteiro de viagem (7:00 – 20:10 ida e 7:30 - 20:30 retorno, diariamente). Existe conexão com uma ramal (mais 242 = 905 km). Consulte horário aqui. As estações intermediárias e os preços de passagens por trecho constam nesta Tabela.

A mesma operadora abriu outra linha, pela sua ferrovia particular na região Norte. Trem de passageiros circula 3 vezes por semana entre São Luís (MA) e Parauapebas (PA). Extensão 892 km, bitola 1,6 m, capacidade 1100 lugares, serve 23 municípios. Transporta 300 – 400 mil passageiros por ano, o horário também é diurno, 10:15 – 23:50. Tabela de preços.

O transporte ferroviário entrou na fase de recuperação e renovação, há vários projetos novos em andamento, mas na maioria são focados em logística de cargas. Entre planos de novas linhas de passageiros o mais famoso é de TAV (Trem de Alta Velocidade) Campinas - São Paulo - Rio de Janeiro, gerenciado pelo governo federal. Já houve vários atrasos e contratempos na implementação deste ambicioso projeto que aparenta forte atração pelo modelo de TGV francês (rápido, 320 km/h, e de construção cara). Depois de fracasso da primeira licitação, a reformulação do Edital levou muito tempo. Finalmente, em dezembro de 2012 foi publicada a nova versão e o prazo para receber propostas vence em setembro de 2013.

Portanto, o projeto mais econômico e menos ambicioso (velocidade até 160 km/h) do governo do estado de São Paulo deve ser concretizado bem antes. Este conta com já ajustado na construção da linha 4 de metro de São Paulo modelo de Parceria Pública-Privada, e com possibilidade de adaptação de alguns trechos existentes. A malha inicial terá 432 km, distribuídas em 2 linhas que cruzam na capital: Linha 1 Sorocaba - São Paulo - Pindamonhangaba e Linha 2 Campinas - São Paulo - Santos. Como pode ser visto, dois dos 4 raios serão paralelos ao futuro TAV, mas a funcionalidade (quantidade das paradas intermediárias) será distinta.


(fonte: http://memoria75b.blogspot.com.br/2012/12/sao-roque-faz-parte-de-itinerario-de.html

O andamento destes e de outros projetos ferroviários recomendo acompanhar pelo Blog especializado.

Foto do autor
Atualizado 28.07.2013





4 comentários:

  1. Mais notícias sobre novos trens interurbanos na fase de projeto, em 9 estados do Brasil: http://memoria75b.blogspot.com.br/2013/03/planos-para-trens-de-passageiros.html

    ResponderExcluir
  2. Nova data de licitação do projeto TAV: 26 de abril de 2013, o edital publicado antes será reformulado - http://memoria75b.blogspot.com.br/2013/03/licitacao-para-projetos-do-tav-tem-nova.html

    ResponderExcluir
  3. Agora ficou para 19 de setembro - http://memoria75b.blogspot.com.br/2013/06/antt-marca-1-leilao-do-trem-bala-para.html

    ResponderExcluir
  4. Novos vagões de passageiros logo entrarão em operação na ferrovia BH - Vitória
    http://memoria75b.blogspot.com.br/2014/01/vale-compra-56-vagoes-de-trens-para.html

    ResponderExcluir