quarta-feira, 26 de junho de 2013

O mais belo aeroporto do mundo

Aeropuerto Internacional de Carrasco, Montevideo, Uruguay - MVD
Coordenadas - Wikimapia
Portal oficial

Francamente, é a minha opinião pessoal, dentro de uma visão limitada, já que não visitei ainda todos os aeroportos. E entre aqueles que visitei até hoje, a impressão estética mais forte foi deixada por este, na capital da pequena República Oriental do Uruguai. Suspeito que boas recordações vêm não apenas da arquitetura, mas também das comodidades de um aeroporto relativamente pequeno, mas superdimensionado em relação à demanda. e ainda há mais uma coisinha pessoal: desembarquei aqui pela primeira vez justamente no dia dos meus 50 anos de vida, quer dizer na madrugada daquele dia, começando uma viagem comemorativa curtinha, mas com muita alegria. Seja como for, aqui está o nosso glorioso MVD.


Já na galeria de desembarque dos automóveis particulares dá para perceber que não há superlotação nenhuma. E as pretensões arquitetônicas também.

As estradas entre cidade e aeroporto são boas, congestionamentos quase nunca acontecem. E o estacionamento próximo já cabe todos veículos, por preço justo, nem precisa dos concorrentes remotos com vans de transfer:


Mas os táxis exclusivos do aeroporto são caros, e fisicamente correspondem, chique puro. Em contraste com táxis econômicos que levam passageiros da cidade ao aeroporto. Entretanto, ir de ônibus é bem mais em conta mesmo.


Pelo aeroporto passam várias linhas entre Montevidéu e outras cidade do Uruguai, um tanto mais caros. Os mais econômicos são estes suburbanos.


O mundo que chega é recebido com palavras "bem vindo a Uruguai!"


E aqueles que embarcam são "Bem vindos ao mundo". Mas não há muitos voos, e quase todos operantes só levam aos países vizinhos.


Conexões intercontinentais sobraram apenas duas, justamente vistas agora no quadro: "Air France" para Paris e "American Airlines" para Miami. A "Iberia" que operava para Madrid já fechou esta linha. E mais uma curiosidade, neste momento o quadro mostra embarque para apenas um voo, e logo um dos raríssimos nacionais.


A sala de check-in também ostenta um estilo indiscutível.


E tem espaços generosos.


E ainda com direito a grande mansarda com jardim de inverno.


Onde cabe também um pequeno museu aeronáutico.

A saída para embarque doméstico é organizada pela portinha pouco notável.


Já no setor internacional há espaço de sobra, mas, mesmo assim, é obrigatório passar pelo filtro de tal "Duty Free".


Naquele momento foi possível observar operações de carga estranhas, com carros batidos. Parece que houve alguns testes de resistência ("chash-test").


Mas o melhor enfeite para campo de voo são aviões, e o maior dos presentes era este В777.


Partida do ATR-72 da cia. local BQB para Salto.


A personagem mais popular naqueles tempos (10.2010) era CRJ-900 da empresa uruguaia PLUNA, que foi a falência em 2012, provavelmente por escolha errada de seu equipamento.


Este voo estava atrasado, e o serviço de solo trabalhava com aparente pressa, que resultou em tempo de retorno bem curto.


Esta é a nossa condução de retorno ao Brasil, chegando com apenas meia hora de atraso (que acabará sumindo até o pouso em São Paulo). Que a pintura não engane ninguém, é um dos novos B737-800 da GOL, e na antiga VARIG este exemplar nunca trabalhou. Foi só para relembrar a gloriosa aquisição do monstro falido pelos aventureiros do gênero "low-cost".


Já estamos andando! A vista externa do aeroporto também é uma maravilha.


O voo começa assim, olhando para pistas.


E logo uma curva acentuada, abrindo vista ao aeroporto como um todo.


Os arredores também são bonitos.


"Tchau, Montevideo, muichas grácias!"

Neste voo tirei ainda muitas fotos interessantes, que merecem outra reportagem....

Fotos do autor.
Atualizado 31.07.2013


...cartão de visita Montevidéu, URUGUAI
...lista URUGUAI
...página AMÉRICAS


Nenhum comentário:

Postar um comentário