sábado, 20 de julho de 2013

Dicas: viajando pela Rússia de trem

Temporadas - Categorias de trens - Classes de vagões - Passagens

Links externos recomendados:
Site oficial de ferrovias da Rússia - busca de horários e compra de passagens (ing.)
Tutu.ru - busca de horários e compra de passagens (rus.)
Russiantrains.com - busca de horários e compra de passagens (ing.)
Russianrail.com - busca de horários e compra de passagens (ing.)
Aviatrix - assessoria em viagens pela Rússia


Introdução. Viajar de trem pela Rússia é uma boa opção. É um transporte democrático, acessível. Principais vantagens: é uma hospedagem móvel, economiza noite de hotel e leva de uma cidade a outra, sem perder precioso tempo de dia (como no caso de vários trens noturnos entre duas capitais); chega praticamente ao centro da cidade de destino, sem problemas de "transfer" de aeroporto; é bastante econômico, começando com 3-a classe já oferece camas para dormir; boa pontualidade; grande capacidade, por isso dificilmente falta passagens até na véspera... Por outro lado, não espere muitas paisagens espetaculares. Trajetos mais curtos são feitos de preferência no horário noturno. Em terrenos planos, as ferrovias estão protegidas pelas florestas artificiais, que evita erosão de solos e acúmulo de neve nos trilhos. Isso acaba com visibilidade em muitos trechos. As cidades também não mostram suas melhores partes aos passageiros ferroviários - as ferrovias cruzam zonas industriais, de armazéns etc. Mas, em viagens longas, como Transsiberiana, há muitas coisas bonitas: Lago Baikal ao lado, durante horas, serras verdes, grandes rios do norte da Ásia... Todos horários são aprovados só para próximas 45 dias, e passagens disponibilizadas a venda imediatamente. Deve ser observado que há grande variação sazonal de demanda e oferta, bem como variações de preço conforme a temporada.

Temporadas. São classificadas nesta tabela de coeficientes. 1 significa "normal", equilibrada. Valores maiores (1,05 - 1,20): alta demanda, trens e vagões adicionais entram em operação, preço multiplicado pelo número da tabela, mas podem faltar lugares assim mesmo. Valores menores (0,80 - 0,95): pouca gente quer viajar nestas épocas, mas algumas valem a pena, como 10 a 25 de abril.

Categorias de trens. Os trens de longa distância são classificadas em numerosas categorias, conforme serviços oferecidos, o que define suas faixas de preço. A velocidade média também varia, mas não muito. Tecnicamente, a velocidade máxima de qualquer trem pode atingir 140 km/h em alguns trechos, mas a quantidade de paradas e tempo de permanência em estações intermediárias são muito diferente. Conforme a relevância da estação (demanda de passageiros, recarga de material de consumo etc.) parada pode durar de um minuto a uma hora. Assim, a velocidade média no percurso normalmente oscila entre 40 e 70 km/h. As reformas em curso em várias linhas estão elevando esta faixa para 70 a 90 km/h. Há também trens de alta velocidade, 160-200 km/h. Atualmente operam entre duas capitais, MOSCOU e SÃO PETERSBURGO e também até NIZHNIY NOVGOROD, a médio prazo várias outras cidades serão atendidas. Estes são consideravelmente mais caros.

Classes de vagões. Nos trens de alta velocidade há somente poltronas e duas classes de vagões, com diferença em espaço e conforto. Já nos trens de longa distância há 4 configurações de vagão de passageiros. Na 1-a, 2-a e 3-a classe (ЛЮКС, КУПЕ, ПЛАЦКАРТ respectivamente) cada lugar é uma cama horizontal, e na 4-a (СИДЯЧИЙ) uma poltrona pouco reclinável. Cada trem, dependendo de categoria de serviços e alcance, pode incluir vagões de 1-2-3 classes, mas quase nunca de todos 4. Um vagão da 1-a classe ("ЛЮКС" ou "CB") tem 18 lugares distribuídos em 9 compartimentos com portas de correr, dois em cada, com pequena mesa fica entre eles, ao lado da janela. Um vagão da 2-a classe ("КУПЕ") tem 36 lugares leitos em "beliche": 18 em baixo e 18 em cima, distribuídos em mesmos 9 compartimentos com portas de correr. Em cada ficam 4 lugares - 2 "beliches". Um vagão da 3-a classe ("ПЛАЦКАРТ") tem 54 lugares leitos em "beliche": 27 em baixo e 27 em cima, distribuídos em 9 compartimentos abertos. Em cada ficam 4 lugares em 2 "beliches" na transversal e 2 em 1 na longitudinal.


Em cada vagão há 2 sanitários, um em cada extremidade. Assim, os lugares próximos são considerados piores, e no centro de vagão melhores. Sanitários comuns ficam trancados durante paradas e travessias de áreas urbanas.

Em vagões de 2-a classe mais modernos os 2 sanitários ficam na parte traseira, lado ao lodo, e são a vácuo, funcionam em paradas também. E há também novíssimos vagões da 1-a classe (somente "ЛЮКС") com apenas 8 a 12 lugares e sanitários com chuveiros em cada compartimento.

Existem várias categorias de serviço na mesma classe, conforme a categoria de trem, e até dentro de mesmo trem. Na mais barata, a roupa de cama pode ser cobrada a parte. Em mais caras não apenas incluída, como já espera passageiro no devido lugar, em outras é distribuída pelos comissários depois de embarque. O padrão destas peças e das toalhas varia também. Em algumas categorias podem ser servidas refeições, também de padrão diferente. Algumas categorias de 2-a classe (indicadas МЖ) têm venda seletiva de lugares, separando camarotes em femininos e masculinos, conforme 1-o passageiro que comprou. Mas na maioria a distribuição é aleatória, portanto para uma aventureira solitária, a 3-a classe seria até mais segura. Já para famílias com crianças, ou para turmas de amigos, comprar um camarote inteiro de 2-a classe com 4 lugares é uma boa opção. As tarifas da 2-a classe são quase 2 vezes mais caras comparando com 3-a, mas a idade média dos vagões de 2-a classe é menor, podem ser encontrados até aqueles modernos, espantosamente melhores não só em equipamentos e acessórios, como também em suspensão. Complementando a comparação financeira: preços da 1-a classe parecem proibitivas: 2-3 vezes maiores que na 2-a e 3-5 vezes maiores que na 3-a.

Ilustrações de classes de vagões:


Vagão comum de 2-a classe: camarote (camas superiores com apoio articulado); corredor e portas de camarotes.


Vagão menos confortável, 3-a classe: lugares transversais; lugares longitudinais separados pelo corredor.

Passagens. Podem ser compradas em qualquer guichê nos terminais ferroviários para qualquer trecho, com até 45 dias de antecedência. Há também inúmeras lojas conveniadas (agências de viagens, de telefonia celular etc.) que vendem passagens ou "E-tickets", mas já com sobretaxa. É possível também comprar pela internet, no site oficial da empresa estatal ferroviária, ou nos sites especializados. Deve ser observado que "E-ticket" não funciona como talão de embarque, e deve ser trocado por uma passagem comum, em qualquer guichê de qualquer estação, ou em terminais de auto-atendimento (que só existem nos grandes terminais). A dica é seguinte: só usar a Internet para pesquisa, mas comprar passagens no terminal ferroviário. Não é difícil, só levar uma "сola" com dados: data, número e horário de trem, classe preferida. Exemplo de uma PASSAGEM, ou seja BILHETE DE EMBARQUE (estes documentos de viagem contêm várias informações, e para entendê-las é necessário algum domínio do alfabeto cirílico):

Na parte superior
РЖД 20 – sigla de estatal “Ferrovias Russas” e código do seu sistema de reservas e vendas
ДОКУМЕНТ [DOKUMENT] - DOCUMENTO ПРОЕЗДНОЙ [PROEZDNOI] – DE VIAGEM АСУ – sigla se “Sistema Automatizado de Gerenciamento” «ЭКСПРЕСС» [EKSPRESS] - nome fantasia, mas resolve na hora mesmo

No cabeçalho da tabela:
ПОЕЗД [POEZD] - TREM
№ - NÚMERO
ШИФР [SHIFR] – CÓDIGO (tem nada a ver com “chifre”, vem da “cifragem”)
(indica também a empresa que opera o trem, pode ser uma das divisões da РЖД, ou independente da mesma)
ОТПРАВЛЕНИЕ [OTRRAVLENIE] - PARTIDA
ЧИСЛО [TCHISLO] - DATA
МЕСЯЦ [MESYATS] – MÊS
ЧАСЫ [TCHASY] - HORAS
МИН. [MIN.] - MINUTOS
ВАГОН [VAGON] - VAGÃO
№ - NÚMERO
ТИП [TIP] - TIPO
ЦЕНА – [TSENA] – PREÇO
РУБ. - RUBLOS
БИЛЕТ [BILET] - BILHETE
ПЛАЦКАРТА [PLATZKARTA]- RESERVA DE LUGAR (importado de Alemão, em Inglês seria “place-card”)
КОЛ. ЧЕЛОВЕК – QTDE. DE PESSOAS (atualmente só vendem bilhetes individuais)
ВИД ДОКУМЕНТА – TIPO DE DOCUMENTO

Na primeira linha da tabela: 009 – número de trem, as letras não são relevantes
17.07 – data de partida
17:20 – horário de partida
12 – número de vagão
K - “coupé” = 2-a classe
1414.2 e 1914.4 – valores parciais da tarifa
01 - uma pessoa
ПОЛНЫЙ [POLNYI] – COMPLETO (tarifa completa, no caso)

Na segunda linha da tabela: САМАРА [SAMARA] – cidade de partida
МОСКВА КАЗ [MOSKVA KAZ] – cidade e terminal de chegada (Moscou, Kazanskiy)
ФИРМ. [FIRM.] – abreviado de “firma” mesmo, indica categoria mais cara dos trens. Neste lugar podem ser encontrados outros termos também, significando trens mais baratos, mais lentos, com vagões menos novos...
КЛ. ОБСЛ. 2Л – classe de serviço 2L, 2 significa a classe de vagão (36 lugares em cabines de 4) e a letra – serviços adicionais já incluídos no preço, e disponibilidade de alguns serviços pagos a parte.

Na terceira linha da tabela:
МЕСТА [MESTA] – LUGARES
16 – número de lugar
Restante da 3-a e toda 4-a linha se referem ao guichê que vendeu o bilhete.

Na quinta linha da tabela:
Número de documento pessoal e nome completo do passageiro.
Precisa apresentar o mesmo documento no ato de compra e no embarque.

Na sexta linha da tabela: 3330.9 РУБ. – valor total pago, depois discriminação - tarifa, impostos, serviços...
Continuando na sétima linha.
O relevante mesmo:
С БЕЛЬЕМ [S BEL´EOM] – COM ROUPA DE CAMA
ПРИБЫТИЕ [PRIBYTIE] - CHEGADA (18.07 às 07:55)

Última linha:
ВРЕМЯ ОТПР. И ПРИБ. МОСКОВСКОЕ – PARTIDA E CHEGADA CONFORME FUSO-HORÁRIO DE MOSCOU
É um aviso importantíssimo. Sempre vale para ferrovias dentro da Rússia, mas não para passagens aéreas.


Atualizado 02.08.2013

...cartão de visita Ferrovia Trans-Siberiana e suas ramificações
...lista RÚSSIA



Nenhum comentário:

Postar um comentário