terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Samaipata, BOLÍVIA


Samaipata, fundada em 1618, altitude 1670 m, população menos de 4 mil habitantes, 120 km de Santa Cruz. Conhecida como cidade de apoio para visitação do sítio arqueológico EL Fuerte (reconhecido pela UNESCO como Patrimônio de Humanidade desde 1998 ), é muito simpática e possui várias agências turísticas que oferecem passeios também ao Parque Nacional Amboro e a outras localidades da região. Neste ramo em Samaipata trabalham estrangeiros de 25 países, portanto a cidade é turística mesmo. Opções de hospedagem e de alimentação também não faltam.

Há duas atrações importantes dentro da própria cidade: bonita Plaza Principal com igreja central e vários serviços no seu perímetro; Museu Histórico e Arqueológico que fica a 3 quadras da praça, no sentido de rodovia. O ingresso ao Museu (B$ 50 para estrangeiros) inclui também a visitação de El Fuerte localizado a 10 km da cidade, na altitude acima de 1850 m. El Fuerte pode ser visitado a pé, o passeio de 2 horas de ida e 2 de volta em média é agradável. Quem está com mais pressa conta com serviço de táxi lotação, a partir da praça principal de Samaipata (B$ 80 por corrida de ida e volta, incluindo até duas horas de espera).



O sítio arqueológico é composto de duas partes: uma grande rocha esculpida com finalidades ritualísticas e restos das construções ao seu redor, um pouco abaixo. Este local foi usado por índios da cultura Mojocoya por mais ou menos um milênio, desde ano 300 d.C. aproximadamente, e pelo menos na segunda metade desse período, entre 800 d.C e 1300 d.C. de forma contínua. Depois houve relativamente curtos períodos dos incas, que penetraram do norte no século XIV e criaram aqui capital de uma província fronteiriça, e dos índios guerreiros guaranis vindos da região Chaco (Chiriguanos, por volta de 1520). E logo começou o domínio espanhol que realmente criaram um importante forte neste local, bem no caminho principal entre Lima e Assunção. Nesta épocas as três ondas de invasores levantaram várias construções de importância militar, administrativa ou agrícola, cujos restos cercam o monólito milenar.

Para chegar a Samaipata a partir de Santa Cruz há duas opções principais. É mais prático usar táxi lotação (B$ 30 por pessoa, em veículos com até 8 lugares), com saídas frequentes do 1-o Anel, setor sudeste. O ponto fica exatamente aqui, próximo à feira La Ramada, ao antigo terminal de ônibus e ao ponto final de ônibus 135 (Aeroporto Internacional Viru-Viru – cidade). Há também algumas frequências diárias de ônibus de Santa Cruz para Samaipata, e atenção: saídas NÃO do terminal bimodal, e sim, de outro ponto no setor sudeste – esquina de Avenida Grigota e 3-o Anel.

Em Samaipata há várias paradas de táxi lotação, focadas em localidades próximas. Os minivans e táxis saem com frequência, não só para El Fuerte, para Santa Cruz também, e o ponto fica na mesma praça. Os ônibus Samaipata – Santa Cruz partem da praça entre 14 e 15 h diariamente. Para seguir às outras cidades é melhor avançar até Mairana, com qualquer condução que passa no ponto da rodovia, em frente ao posto de combustível ("surtidor"). Hoje em dia já não compensa ficar neste ponto aguardando ônibus para destino final, como Vallegrande ou Sucre, são raros e podem nem parar, caso lotado. É muito mais prático andar mais 17 km (com qualquer lotação, são frequentes) e buscar outra solução em Mairana. De lá há ônibus Mairana - Cochabamba, com saídas de manhã e à tarde, e vários serviços de lotação, inclusive para Vallegrande. Os ônibus em transito também param por algum tempo (linhas entre Santa Cruz e Vallegrande, Surce, Comarapa e outras).


Relatos:
El Fuerte de Samaipata

Mais fotos:
Álbum Picasa 2013 - Samaipata, El Fuerte
Álbum Picasa 2013 - Samaipata, Centro



Links externos recomendados:
Descrição na Lista UNESCO - Fuerte de Samaipata, Bolívia
Fuerte de Samaipata - Wikipedia (esp.)
Samaipata - Wikipedia (esp.)
Portal turístico samaipata.com
Portal turístico samaipata.info
Portal turístico guidetosamaipata.com
Samaipata no TripAdvisor
Samaipata no LonelyPlanet
Mochileiros.com: Samaipata, PN Amboró e Rota de Che Guevara - Perguntas e Respostas
Samaipata (praça central) - Coordenadas Wikimapia
El Fuerte de Samaipata (entrada) - Coordenadas Wikimapia

Fotos do autor.
Atualizado 05.01.2015


...lista BOLÍVIA
...lista UNESCO: 48 Monumentos de Patrimônio de Humanidade em outros países da América do Sul
...página AMÉRICAS

Nenhum comentário:

Postar um comentário