quinta-feira, 12 de junho de 2014

Explorando a Ilha: primeiro estágio

Fernando de Noronha - PE

Visitar este magnífico arquipélago é algo especial, cabe até analogia com uma missão espacial tripulada. Assim também poderemos organizar as coisas em três estágios e o sucesso geral depende de como funcionou o primeiro, no raio de ação bem próximo. Quer dizer que não vale a pena gastar um dia para excursão de reconhecimento geral pela ilha principal, assim não consegue aproveitar nenhum os lugares, mesmo se gostar muito. É muito melhor começar a exploração por conta própria, e exatamente daquilo que está em alcance imediato - linha costeira próximo ao núcleo principal, Vila dos Remédios.



Neste pedaço há muitas coisas boas, inclusive uma das melhores praias da ilha e do Brasil todo, e até o ponto mais alto de Fernando de Noronha. E tudo bem pertinho do seu centro comercial, se possa ser chamado assim.

Mas calma, começaremos andando pelas ruas da Vila. Aqui há muitas pousadas e todos serviços associados: restaurantes, locadoras, etc. Há também atrações como monumentos, museus, e a igreja construía ainda em 1737-1772.



E em cima de tudo isso - o forte dos Remédios (1737).



As vistas desse lugar elevado ajudam a entender a geografia da Ilha.



À direita, na ponta leste - o porto Santo Antônio, que deixaremos para segundo estagio.



Porque à esquerda, e bem mais perto, há duas ótimas praias, aonde vale a pena descer já.



Mais próxima ao forte é a Praia do Meio, e a sua extremidade leste às vezes é chamada com nome próprio, Praia do Cachorro. Este lugar é aconchegante, limpinho, há serviços de praia, boa escada, ducha de água doce... Mas a extremidade oeste é bem mais interessante para aqueles quem curte mergulho e flutuação com máscara, a observação de vida marinha aqui dá muito prazer, portanto apresentei esta parte no plano de frente da foto acima.



A parte adjacente da próxima Praia de Conceição compete com Praia do Meio em abundância de peixes coloridos, e tem ainda seus méritos próprios, é um dos melhores pontos para observar tartarugas e arraias.


As pedras submersas na divisa entre estas duas praias concentram diversidade inacreditável de peixes de porte apreciável. Não tenho vício de fotografar debaixo de água, acho que sem câmara dá para ver muito mais, portanto, para ilustrar este fato selecionei imagens dos mais memoráveis moradores desse pedaço na coleção pública de Google Images:



Resumindo: mesmo se não haja tempo e forças para esticar até outras partes da Ilha, aproveitando bem a região do "estágio 1" já justifica a viagem toda.



O fim de qualquer dia e o início de noite também é melhor passar na Praia de Conceição, quando escurece um pouco já não consegue mais ver nada na água, mas no ar começa o show de aves pescadoras.



As vistas de pôr do sol neste lugar também prometem muito, e o retorno daqui até as ruas agitadas do Vila dos Remédios é fácil e seguro.

Depois de dominamos esta parte básica da ilha principal, há como empreender algumas expedições mais audaciosas por volta, que merecem outra reportagem...

Fotos do autor (menos usadas na colagem com peixes), confira o álbum completo:
Picasa 2013 - Vila e Forte dos Remédios, Praias do Meio e de Conceição


Atualizado 23.06.2014


...cartão de visita Fernando de Noronha - PE, BRASIL
...lista 100 joias do Guia 4 Rodas
...lista Destinos de ecoturismo no Brasil


Nenhum comentário:

Postar um comentário